18-03-2020 15:32

CorvoParque Aberto

Parque Natural do Corvo - Detetives da Natureza

O conhecimento do ambiente que nos rodeia é a principal ferramenta para a proteção e preservação das espécies naturais que nele habitam.

Neste sentido, o Parque Natural do Corvo dinamizou em fevereiro, no âmbito do programa Parque Escola, uma ação de observação com alunos do 8.º ano da Escola Básica e Secundária Mouzinho da Silveira, com o intuito de dar a conhecer algumas das espécies nativas e exóticas existentes na ilha.

Com o apoio do Vigilante da Natureza e da técnica do Serviço Educativo do Parque Natural, os alunos realizaram o registo de flora nativa e exótica que observaram na Vila do Corvo e área envolvente. 

No decorrer da ação foram observadas, identificadas e registadas espécies nativas como Erica azorica (urze), Morella faya (faia-da-terra), Myosotis maritima (não-me-esqueças), Azorina vidalii (vidália), Juniperus brevifolia (cedro-do-mato), Festuca petraea (bracel-da-rocha), Picconia azorica (pau-branco) e Frangula azorica (sanguinho), e espécies exóticas como Tamarix africana (salgueiro), Hydrangea macrophylla (hortênsia), Metrosideros excelsa (metrosidero), Tetragonia tetragonoides (espinafre da Nova Zelândia), entre outras.

Durante a ação, e através da utilização de um mapa da Vila, os participantes criaram um mapa de distribuição e presença/ausência das principais espécies de flora que aparecem na fajã lávica da ilha.


Foto: Parque Natural do Corvo